Curso Pó-Graduado de Leitura Crítica de Artigos Científicos - 2ª Edição

ECTS: 1,5

Coordenação
Prof. Doutor Bruno Heleno
Mestre David Rodrigues
Profª Doutora Isabel Santos

Apresentação
Os melhores cuidados médicos são os que integram as preferências do doente, a experiência do médico e a melhor prova científica disponível.No entanto, manter-se ao corrente da melhor prova científica tem várias barreiras:

  1. os médicos têm uma prática assistencial exigente e pouco tempo para a avaliação da melhor prova científica;
  2. fazem-no com menos frequência do que gostariam por isso é difícil recordarem-se de todos os passos necessários;
  3. frequentemente desanimam ao ler a parte da estatística;
  4. nunca lhes foi dito se a forma como leem um artigo é correta.

Este curso destina-se aos médicos que pretendem melhorar a sua prática clínica, desenvolvendo competências na leitura, interpretação e avaliação de artigos científicos. O curso foca-se em estratégias rápidas, auxiliares de memória, desmistifica a estatística e inclui uma avaliação regular do desempenho dos participantes.

Objetivos
Os formandos deverão ser capazes de avaliar a validade científica, interpretar os resultados e decidir se os resultados de artigos científicos sobre tratamento, diagnóstico e prognóstico são aplicáveis à sua prática clínica.

Plano Curricular

  • Reformular as questões de investigação presentes num artigo científico sobre intervenções de acordo com a estrutura PICO (patients, intervention, comparison, outcome).
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais as principais fontes de viés de um ensaio clínico.
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais as principais fontes de viés de um estudo dirigido a avaliar prejuízos associados a tratamento.
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais as principais fontes de viés de um estudo de acuidade diagnóstica.
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais as principais fontes de viés de um estudo sobre o prognóstico de uma doença.
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais as principais fontes de viés de uma revisão sistemática de ensaios clínicos.
  • Distinguir os dois principais passos metodológicos na elaboração de uma orientação clínica: a síntese de prova científica e a elaboração de recomendações.
  • Identificar, com o auxílio de uma grelha de avaliação, quais são as tarefas a realizar durante a elaboração de uma norma.
  • Distinguir, autonomamente e sem erros, medidas de risco relativo e medidas de risco absoluto.
  • Fornecer uma interpretação clínica de intervalos de confiança.
  • Interpretar um índice de verosimilhança e aplicar um índice de verosimilhança de um teste a um valor de probabilidade pré-teste para obter a probabilidade de doença na presença de um determinado resultado de teste.
  • Interpretar o valor de probabilidade de doença num estudo prognóstico.
  • Interpretar corretamente um gráfico de floresta.
  • Descrever como é que a incerteza sobre a prova científica, valores sociais e custos são integrados numa norma de orientação clínica.

(Calendarização a divulgar oportunamente)

Metodologia de Avaliação
Avaliação sumativa: teste escrito 2 trabalhos de grupo
Avaliação formativa: perguntas em cada sessão em plenário

Corpo Docente

Bruno Heleno: Médico de família, professor auxiliar convidado (Universidade NOVA de Lisboa), docente de cursos de leitura crítica de artigos científicos em vários cursos e conferências científicas. Áreas de interesse científico: medicina baseada em prova científica; ensaios clínicos; revisões sistemáticas; estudos de acuidade diagnóstica; avaliação de programas de rastreio; intervenções para melhorar o desempenho clínico;

David Rodrigues: Médico de família, Diretor de Internato Médico de Medicina Geral e Familiar, Assistente Convidado do Departamento de Medicina Geral e Familiar da NOVA Medical School| Faculdade de Ciências Médicas da Universidade NOVA de Lisboa, membro do Conselho Nacional para Auditoria e Qualidade da Ordem dos Médicos. Mestre em Investigação Clínica NMS| FCM/Northeasthern University. Áreas de interesse científico: medicina baseada em prova científica; decisão clínica; normas de orientação clínica; translação conhecimento científico; revisões sistemáticas; ensaios clínicos; investigação qualitativa;

Monitores

Ana Rita Jesus Maria: Interna de Medicina Geral e Familiar, monitora no Curso de Consulta e Decisão Clínica do Internato de Medicina Geral e Familiar da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Catarina Viegas Dias: Interna de Medicina Geral e Familiar, monitora no Curso de Consulta e Decisão Clínica do Internato de Medicina Geral e Familiar da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Joana Abreu: Interna de Medicina Geral e Familiar, monitora no Curso de Consulta e Decisão Clínica do Internato de Medicina Geral e Familiar da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Paulo Faria de Sous: Interno de Medicina Geral e Familiar, monitor no Curso de Consulta e Decisão Clínica do Internato de Medicina Geral e Familiar da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Destinatários
Graduados em medicina com pelo menos um ano de experiência clínica. Os formandos necessitam de um bom domínio de inglês escrito (B2 ou superior) e de experiência na utilização de computadores (processador de texto, navegação na Internet). Os formandos
deverão ter experimentado responder a uma questão clínica recorrendo aos resultados de um artigo científico. Os formadores irão assumir que nenhum dos participantes domina conceitos de bioestatística e que nenhum dos participantes tem experiência de investigação.

Critérios de Seleção
Por ordem de inscrição (será considerada a data em que o processo fica completo na Divisão Académica)

Regime de Faltas
Para a conclusão do curso, os participantes têm que estar presentes em 80% das sessões.

Numerus Clausus
Número mínimo: 16 alunos
Número máximo: 24 alunos

Datas de realização
03 a 07 de julho de 2017

Horários
Das 9h00 às 17h00

Data-Limite de Candidatura
As candidaturas encerram quando atingido o número máximo de participantes.

Informações e Candidaturas
Divisão Académica - Secção de Pós-Graduação
Campo Mártires da Pátria, 130 - 1169-056 Lisboa
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | www.fcm.unl.pt
Tel.: 21 880 30 66 | Fax: 21 880 30 68

Candidatura On-Line