Curso Microbiota, Saúde e Performance do Atleta

Cover FB-01

 

O curso Microbiota, Saúde e Performance do Atleta tem como destinatários nutricionistas e médicos e por propósito principal oferecer um referencial técnico-científico sobre a microbiota intestinal. Os conteúdos teóricos e teórico-práticos selecionados para o curso, assim como, o modelo científico-pedagógico e a expertise da equipa docente, habilitam a conhecer, testar e interpretar, prevenir e intervir no contexto da microbiota intestinal e em prol da saúde e da performance de atletas.


A microbiota intestinal tem um papel cada vez mais conhecido e suportado em evidência científica. Tem implicações diretas no encéfalo, na bioenergética e na regulação do funcionamento do organismo. A microbiota promove um diálogo multilateral capaz de influenciar a composição corporal e a função de diferentes sistemas orgânicos.
Aprender a caracterizar qualitativa e quantitativamente os microorganismos que consubstanciam a microbiota, os factores que a influenciam e as suas implicações na saúde e no rendimento desportivo, permite prescrever prébióticos e probióticos no exercício profissional da medicina e da nutrição e contribuir significativamente para a saúde e desempenho dos atletas.


Na saúde, assim como no desporto, a implementação de boas práticas e das últimas evidências, dota os profissionais de vantagens que, no seu conjunto e articulação, beneficiam a saúde e aproximam as vitórias. O curso está composto por 16 horas estruturadas e pensadas para o capacitar numa área de investigação e clínica emergente. São 10 horas teóricas e 6 horas teórico-práticas que o hão de capacitar a uma resposta superior, mais completa e favorável à saúde e aos resultados do atleta.


OBJETIVOS:

 

  • Identificar os diferentes tipos de disbiose;

  • Compreender os resultados de uma análise à microbiota fecal;

  • Conhecer os determinantes da composição da microbiota intestinal;

  • Reconhecer a alimentação como o principal fator que modifica a microbiota intestinal;

  • Compreender os destinos metabólicos dos ácidos gordos de cadeia curta produzidos no intestino;

  • Reconhecer a importância dos ácidos gordos de cadeia curta no contexto do atleta e o seu potencial ergogénico;

  • Compreender a influência da microbiota intestinal nas vias de comunicação entre o intestino e o cérebro;

  • Compreender a importância do eixo HPA e sua regulação pelo exercício;

  • Identificar o perfil de microbiota associado a diferentes modalidades desportivas;

  • Reconhecer a importância da microbiota intestinal para a performance do atleta;

  • Compreender a associação entre disbiose e sintomatologia gastrointestinal;

  • Compreender o conceito da síndrome gastrointestinal induzida pelo exercício;

  • Conhecer as diferentes estratégias de prevenção e gestão dos sintomas nas perturbações gastrointestinais associadas ao exercício;

  • Avaliar a eficácia das estratégias de prevenção e gestão dos sintomas no contexto da prática profissional;

  • Reconhecer os prebióticos e os probióticos como suplementos a utilizar na melhoria do rendimento desportivo;

  • Reconhecer os posbióticos como estratégias promissoras a utilizar na melhoria do rendimento desportivo.

 

PROGRAMA:

 

20.00 – 22.00

Cláudia Marques

  • Introdução

  • Como estudar a microbiota intestinal? Testes a realizar e interpretação.

20.00 – 22.00

Conceição Calhau

  • Fatores que influenciam a microbiota intestinal.

  • Idade gestacional, via de parte e alimentação nos primeiros anos de vida.
    Dieta e estilo de vida

20.00 – 21.00

Mónica Sousa

  • Impacto dos suplementos desportivos na microbiota intestinal

21.00 – 22.00

Claúdia Marques

  • Microbiota e eixo intestino-cérebro – implicações para o atleta

20.00 – 22.00 

  • Microbiota e metabolismo energético – implicações para a bioenergética do atleta

20.00 – 22.00

Catarina Oliveira

  • Microbiota intestinal e performance do atleta

20.00 – 22.00 

  • Microbiota e saúde gastrointestinal

  • Síndrome gastrointestinal induzida pelo exercício

20.00 – 22.00 

 

  • Estratégias para a prevenção e gestão dos sintomas

  • Apresentação e discussão de casos clínicos de atletas

20.00 – 22.00

Claúdia Marques e Catarina Oliveira

  • Prescrição de prebióticos e probióticos. Posbióticos: perspetivas para o futuro?

 

MAIS INFORMAÇÕES:

Aqui

 

INSCRIÇÕES:

Aqui